wrong2


(Publicado originalmente no Unplanned.)


Você está errado

Por Rapha Barreto (*)

‍Você está errado. Em alguma coisa. Constantemente.

10 coisas que as pessoas determinadas fazem diferente de você. 15 coisas que pessoas de mente forte fazem diferente de você. 10 mandamentos para você ser um bom chefe. A diferença de ser um líder e um chefe. Os 5 passos para você ser mais bem sucedido. Os 7 passos para você atingir a felicidade. Seu score foi 57 num total possível de 100.

Parece que tudo insiste em apontar para suas falhas e seus erros. Em te pintar de medíocre. E, de repente, você começa a acreditar em tudo isso. Você começa a achar que você é um merda. Que você está longe, bem longe, dos seus objetivos.

É uma carta passando por debaixo da porta com a descrição do seu defeito do dia.

Tá todo mundo errado. O que você está fazendo é errado, onde você trabalha é um lugar errado, seu país é errado, o jeito que se pensa comunicação, o capitalismo, a social democracia, o green washing, a departamentalização, a horizontalização, os millenials.

Quem veste camisa xadrez é otário, quem usa bigode é modinha, quem tem wayfarer é embalo, quem fez coque não sabe pensar por si só, meia colorida é cabeça de vento, comeu qualquer coisa gourmet é coxinha, falou em inglês tá se achando, ganha bem é vendido, escreveu texto é dono da verdade, fica muito no celular é escravo.

(Fez um power point, então, nossa… Você é idiota e planejamento estratégico não serve mais para nadZZZzzzzzZZzzzzZZZzzZZzzzzzZZzzzzzzz)

Só umas duas dúzias de pessoas estão certas e tudo o que fazem é legal. O resto do mundo – Eu, você, sua amiga confusa, seu amigo sertanejo, sua família, a China, a ONU, o Bernie Sanders, enfim, todo mundo é errado e vai fazer merda.

Bem… Aproveite, então.

Já que você já está errado e não há forma de escapar deste enquadro, sinta-se livre para fazer o que você quiser, do jeito que quiser.

Não tem nada de errado em se manter crítico e receber críticas. É assim que a gente vai pra frente. Viva a crítica construtiva. Estou falando sobre outra coisa. Estou falando sobre não deixar que pessoas com sua própria versão da verdade e do certo te solapem com tanto discurso e tantas regras para te transformar numa coisa que você não é.

A melhor pessoa que você consegue ser é você. Não permita que te convençam do contrário.


(*) Rapha Barreto é VP de Planejamento na FCB Brasil.